Você está aqui: Home / Cidade, Flash, Notícias, Região / Luciano Huck grava em Botucatu, Confira as Fotos

Luciano Huck grava em Botucatu, Confira as Fotos

Lata velha

Luciano Huck está  na cidade vizinha de Botucatu  gravando mais uma captura para o Lata Velha,um dos quadros mais famosos de seu programa.

A Cidade de Botucatu na  Vila Mariana, literalmente, parou nesta segunda-feira com a presença do apresentador Luciano Huck, que faz o programa “Caldeirão do Huck”, que vai ao ar, em rede nacional, nas tardes de sábado pela Rede Globo de Televisão. Ele veio a Botucatu gravar uma faixa do programa denominada “Lata Velha”, que faz reforma em carros antigos. O contemplado para participar do programa foi Chester Ricardo Correa Miguel Pereira, de 34 anos, proprietário de um ferro-velho que funciona naquela região da Cidade.

O Lata Velha é um quadro que existe há vários anos e muitos carros já passaram por incríveis reformas trazendo pessoas do Brasil inteiro, com histórias de vida inusitadas para compartilhar em rede nacional. Geralmente, a direção escolhe um carro caindo aos pedaços, mas que para o proprietário tenha um valor sentimental enorme e está há muitos anos com ele. Entretanto, pelo seu tempo de uso o carro não tem mais comércio e só serviria para sucata.

O desafio de Chester Pereira será imitar Freddie Mercury, nome artístico de Farrokh Bulsara, vocalista da banda de rock britânica Queen. É considerado pelos críticos e por diversas votações populares um dos melhores cantores de todos os tempos e uma das vozes mais conhecidas do mundo.

A surpresa e a correria com a chegada do apresentador e sua equipe foram grandes para os moradores daquela região. A permanência de Huck no local foi rápida e ele partiu após fazer a tomadas de algumas imagens, com um forte aparato de segurança. A notícia se espalhou rapidamente e o público crescia a cada instante. Só que quando muitas outras pessoas chegaram ao local, o apresentador global já estava retornado para São Paulo.

Chester Pereira trabalha com uma caminhonete com carroceria de madeira dos anos 60, bastante desgastada pelo tempo de uso. “É com ela que faço minhas entregas. Está velhinha, mas é minha companheira e a reforma ficaria muito cara. Quando ele (Luciano Huck) chegou eu não acreditei. É bom demais para ser verdade”, comemorou Pereira.

O contato com a direção do programa foi feito pelo sócio Alan dos Santos Rodrigues, de 23 anos. “Eu morava em Piracicaba e o Chester me convidou para ser sócio no ferro-velho. Quando vi a situação de sua caminhonete me lembrei do programa e resolvi arriscar a mandar todos os dados. E não é que deu certo? Reformar a caminhonete era um sonho que ele tinha e que agora vai se tornar realidade. Fico feliz em ter contribuído para isso”, disse Rodrigues.

 

 

 

 

 

 

fonte: http://www.acontecebotucatu.com.br

Comments

Tags: , , , , ,

Envie um comentário

Responsável Rodrigo Tomaz. Powered by WordPress.