Você está aqui: Home / Cidade, Notícias / Delegada ouve envolvidos no caso de menina mordida em São Manuel

Delegada ouve envolvidos no caso de menina mordida em São Manuel

Família registrou os machucados feitos pelas mordidas. (Foto: reprodução/arquivo pessoal )

A delegada Michela Ragazzi, da Delegacia de Defesa da Mulher em São Manuel (SP), ouviu nesta semana a diretora e a monitora da creche onde uma menina de um ano e quatro meses foi mordida por várias vezes no rosto no dia 19 de março. De acordo com ela, ainda não dá para afirmar se houve abandono de incapaz.

“Elas me disseram que as mordidas não ocorreram de uma vez só, mas sim, durante o período da manhã. Também contaram que havia um profissional da creche dentro da sala”. Os hematomas foram provocados por um menino de quase dois anos.

Um relatório da Diretoria Municipal de Educação deverá ser encaminhado à delegada nos próximos dias. “Vou aguardar o documento para avaliar a posição da diretoria. Mas estamos apurando o caso para concluir o inquérito”, avisou. Ela tem até 19 de abril para finalizar as investigações.

A criança já tinha sido agredida por outras vezes. A monitora tinha relatado uma das ocorrências em 17 de fevereiro.

  • Entenda o caso

A mãe da menina foi chamada na creche no dia 19 de março pela diretora. Quando chegou, a filha estava com hematomas provocados por mordidas nos dois lados do rosto. A diretora contou que uma outra criança, da mesma turma, teria machucado a menina.

Ela decidiu então procurar a polícia, já que suspeita que as crianças ficaram muito tempo sozinhas pela quantidade de mordidas que a filha recebeu no rosto. A mãe também decidiu tirar da creche a menina e o filho mais velho, de 3 anos.

 

 

 

 

 

http://g1.globo.com

Comments

Tags: , , , , , ,

Envie um comentário

Responsável Rodrigo Tomaz. Powered by WordPress.