Você está aqui: Home / Cidade, Notícias / Queda no número de empregos assusta trabalhadores em São Manuel

Queda no número de empregos assusta trabalhadores em São Manuel

liberdadefmpocoes

imagem da liberdadefmpocoes

A real situação de São Manuel atualmente: um grande ponto de interrogação, diante de tantas perdas, desmandos e descasos causados pela administração Marcos Monti e Cia. Ltda.
Após 01 ano e 04 meses, diante dos números que se apresentam, podemos afirmar categoricamente que nossa cidade encontra-se, mais do que nunca, num momento extremamente delicado e com um futuro cada vez mais incerto.

A grande bandeira levantada pelos candidatos em 2012 foi a GERAÇÃO DE EMPREGOS.
Era e continua sendo o maior problema de São Manuel que assiste, dia após dia, milhares de seus filhos indo trabalhar em cidades vizinhas, especialmente em Botucatu…

90% dessas pessoas votaram em Marcos Monti.
Primeiro porque acreditaram que o então candidato(e atual Prefeito) era o mais preparado.
E segundo porque ele “tem” o apoio do irmão Deputado Federal…

Nem uma coisa… nem outra.

O tempo está mostrando que, infelizmente, Marcos Monti ainda não aprendeu a administrar uma cidade.
E quem está pagando caro é a população…

E tanto é verdade que o site  não fala por ele… mas fala por toda uma população que diariamente nos procura para fazer denúncias e reclamar do descaso com a cidade…

O clima é de desesperança. De desolamento.
Os números são cruéis e, por mais que queiramos acreditar, eles nos mostram o inverso…

São dados oficiais do Governo. De um orgão que, desde 2007, pega os números de geração de empregos em TODOS os municípios brasileiros e os registram, deixando à disposição do público em seu site.

O CAGED disponibiliza os dados para consulta, desde gráficos até demonstrativos por área de profissões.

Em São Manuel os resultados são, no mínimo, PREOCUPANTES!

VEJAM OS NÚMEROS ABAIXO:

De janeiro a março de 2013, início da administração Marcos Monti, São Manuel conseguiu ficar no positivo e gerou aproximadamente 240 vagas de emprego.

Mas era começo de uma nova administração e Marcos tinha herdado uma Prefeitura repleta de sucateamento em todas as áreas… Sempre afirmou que a Prefeitura estava quebrada e blá blá blá…

Mesmo assim a cidade gerou, em três meses, 240 vagas. Fechamos o ano no positivo: algo em torno de 100 vagas de emprego.
Alguns anunciaram mais de 800!!!!!!!!! Mas erraram feio e tentaram vender “fraldinha” como se fosse filé mignon…

Os números finais DESMENTIRAM aqueles que, com dados incorretos, tentavam elevar o atual Prefeito aos altos píncaros da glória…

O QUE PREOCUPA AGORA É…

Após um ano, comparando-se os números de janeiro, fevereiro e março com os mesmos deste ano, após um ano frente à Prefeitura e anunciando que em 2014 seria diferente, estamos diante de um quadro absurdamente preocupante!!!

VEJAM OS NOVOS NÚMEROS DO CAGED:

MÊS DE MARÇO DE 2014!

São Manuel perdeu 123 VAGAS! Em um mês ficamos sem 123 VAGAS de emprego à nossa população…

VEJAM NO COMPARATIVO!

Se nos primeiros 3 meses de 2013 geramos 240 vagas… nos três primeiros meses de 2014 PERDEMOS 115!

O QUE NOS LEVA A PERGUNTAR:

E o planejamento divulgado sobre a geração de empregos e renda para nossa cidade?
E o projeto para reerguer São Manuel?

Porque não está funcionando após 01 ano e 04 meses???

O que está acontecendo que a Diretoria da Indústria e Comércio não está funcionando???

Onde estão as novas Empresas, como aquela de plásticos(reciclados) no Bairro do Canepelle ou a chinesa que tinha interesse em aqui se instalar???
Cadê a Empresa que visitou o prédio da antiga FIAÇÃO e demonstrou interesse na cidade???

Infelizmente, caso essas três Empresas estivessem já em pleno funcionamento, talvez empataríamos os números e seria como nada gerássemos de emprego à nossa gente!!!

É OU NÃO É PREOCUPANTE?

Vejam só… os tempos eram outros. Tínhamos a Fiação. Mas nem mesmo a FIAÇÃO trocava tanto assim de funcionários. E se trocava, é porque demitia também…

Mesmo assim, fazendo comparações, Marcos Monti “apanha” de Baroni e de Flavinho nos números de geração de vagas para a população…

VEJAM:

Em 2008, Flavinho fechou o mês de março com 270 vagas no positivo!!!

VEJAM:

Baroni fechou o mês de março de 2009 com 668 vagas geradas e em 2010 fechou o mês com 597 vagas de emprego, NO POSITIVO!!!

Reflitam… Flavinho e Baroni foram mais nocivos à cidade, em termos de administração pública, do que benéficos, OK?

Mas, se Marcos Monti tinha um plano pra reerguer São Manuel e tem apoio TOTAL de seu irmão que é DEPUTADO FEDERAL… como pode gerar 500 vagas a menos do que Baroni, por exemplo???

ESSA É A REALIDADE DE SÃO MANUEL...

E nesse curto espaço de tempo, onde mais perdemos do que ganhamos, vimos ainda serem criadas a TAXA DO LIXO, dos Bombeiros, a Guarda Real (que faz segurança particular do Prefeito), a briga com donos de trailers, o fechamento de vários estabelecimentos comerciais, a VERGONHA dos 561 dias da NÃO reconstrução de uma simples PONTE, etc, etc…

E O PIOR… com a COPA DO MUNDO e com as ELEIÇÕES, o ano de 2014 praticamente já foi pras cucuias… Dificilmente algo de diferente, de inovador será feito pra nossa cidade em termos administrativos…

Resta agora aguardarmos os números de Abril, pra sabermos se podemos ter alguma esperança ou entregar de vez…

A julgar pelos atuais números do CAGED… precisaremos reagir DE VERDADE… ou a cidade afunda de vez.

 

Fonte :    Sandro Dalio e  CAGED  

Todos os direitos reservados:  sandrodalio.blogspot.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Comments

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Envie um comentário

Responsável Rodrigo Tomaz. Powered by WordPress.