Você está aqui: Home / Cidade, Notícias / Qualidade da ensino cai nas escolas em São Manuel

Qualidade da ensino cai nas escolas em São Manuel

 

.

.

 

NOTA DO IDEB CAI NO PRIMEIRO ANO DA ADMINISTRAÇÃO MARCOS MONTI
Nem mesmo os “investimentos” vultosos na Educação, que somaram R$ 1.444.613,90, com a substituição de material didático apostilado (as apostilas são fornecidas pela empresa FTD), foram suficientes para alavancar a nota do Ideb-Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de 2013, no primeiro ano da administração de Marcos Monti!!!

O índice se refere à avaliação dos alunos das escolas de ensino fundamental, abrangendo de 1º. ao 5º. ano.

No ano passado, a Prefeitura, através da Diretoria da Educação, adquiriu material didático da FTD, num contrato inicial de R$ 879.599,00, para atender as escolas infantis e ainda a educação fundamental.

Posteriormente a prefeitura assinou com a mesma empresa, outro contrato, para material didático de inglês, num valor que somou mais R$ 262.680,00.

No final do ano passado, no mês de dezembro especificamente, a prefeitura assinou um aditamento do contrato com a FTD, em 10% do valor do contrato inicial; ou seja, mais R$ 87.959,90.

O estranho nesta assinatura foi que para o ano de 2013; mês de dezembro, férias escolares, qual seria o objetivo da concessão deste aditivo?
Que material novo iria chegar à Diretoria da Educação?

Outro fato estranho ainda que não foi até hoje esclarecido: no mês de janeiro de 2014, a Prefeitura assinou novo aditivo, referente ao mesmo contrato, da ordem de 25% (totalizando 35%) com a FTD, no valor de R$ 214.375,00, perfazendo um total de aditivo no contrato inicial de R$ 302.334,90.

Tudo isto somado, não refletiu na melhora do ensino, ao analisarmos os índices publicados pelo Ministério da Educação, referentes à avaliação do Ideb/2013.

São Manuel em 2005 obteve a média de 4,6; subindo para 4,7 em 2007; 5,3 em 2009; 5,7 em 2011 e caindo para 5,5 em 2013, no primeiro ano da administração de Marcos Monti.

Pelos números, e eles não mentem jamais (!), houve um retrocesso com relação à avaliação da Educação no município, que vinha subindo a cada avaliação desde 2005 e em 2013, apresentou queda de significativos 0,2 na nota.

O que teria ocasionado este retrocesso?

O que eu sei e está em contrato é que a empresa que vendeu o sistema apostilado, a FTD, no pacote, também vendeu a Assessoria Pedagógica Portal Educação e a Avaliação Ensino Aprendizagem.

Então se deve cobrar da FTD, quais os motivos que levaram a Educação da administração de Marcos Monti, cair ao invés de subir no índice do Ideb.

Estamos, desde já, cobrando um posicionamento dos nobres Vereadores a respeito, afinal, foram investidos aproximadamente R$ 1,5 milhão de reais, em um novo sistema apostilado, que ao que tudo indica, não foi o suficiente para melhorar a educação aos alunos das escolas da rede municipal de ensino.

A Educação também vem sendo uma pedra no sapato na administração do Prefeito Marcos Monti, que substituiu no final de 2013, o então diretor Richard de Castro por Luciano Giacóia.
O motivo até hoje não é conhecido pela população.

Os professores das escolas municipais travam uma batalha com o Prefeito Marcos Monti, com relação aos valores repassados da verba do Fundeb.

Segundo apurou este Blog, existem divergências entre o que é pago pelo Prefeito e aquilo que os professores acham que deveriam receber.

Este problema ocasionou um protesto dos professores no desfile de 7 de Setembro último, quando muitos deles foram vestidos de preto, em sinal de luto pela Educação da cidade.

Até o momento, oficialmente, nenhuma explicação foi dada.

Enquanto isto, o que assistimos é um retrocesso do aprendizado, quando deveríamos estar comemorando melhores índices, tais como as cidades de nossa região, como: Botucatu (nota 6,0), Barra Bonita (nota 6,4), Lençóis Paulista (nota 6,3), Macatuba (nota 6,5), Santa Cruz do Rio Pardo (nota 5,9), Borebi (nota 5,8), Dois Córregos (nota 5,9), dentre outras.

VEJAM AS NOTAS!

Infelizmente, mais uma triste notícia para o nosso povo…

Educação cai… geração de empregos despenca… obras não saem do papel…
E assim caminha(???) nossa querida São Manuel… em direção ao abismo!

É triste… mas é a realidade!

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Sandro Dalio

Comments

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Envie um comentário

Responsável Rodrigo Tomaz. Powered by WordPress.